Chez Vous – Casa Gastronômica

O post de hoje é bem especial! Tivemos o privilégio de conhecer e degustar o maravilhoso menu do restaurante belga Chez Vous – Casa Gastronômica! Aquela casa linda aqui em Moema que fica na Avenida Lavandisca, 395.

Para começar experimentamos o Boulettes Sauce Liégeoise que são almôndegas belgas em molho de cerveja preta e geleia de pera e maçã, fritas belgas e maionese caseira. E para beber, fomos de Orval Trappist Ale – (6,2% alc.) – uma cerveja deliciosa, com aroma único que harmonizou perfeitamente com o prato.

Boulettes Sauce Liégeoise

Em seguida experimentamos o Steak Tartare Poelé, uma grata surpresa e vocês vão entender o por quê. Não é o steak tartare que vocês estão imaginando, ele é selado com lascas de brie, (humm…) para acompanhar, fritas belgas e salada. Uma delícia cremosa literalmente. Harmonizamos este prato com a cerveja Straffe Hendrik Tripel (9% alc.) de aroma picante com leve toque de pimenta negra, coentro, gengibre e uma presença insinuante de laranja.

Steak Tartare Poelé

Bom, vamos para o próximo prato que seria o “picadinho” da Bélgica. É o Carbonnades à La Flamante, ensopado de carne na cerveja belga com cenouras e batata bolinha. Pensem num sabor? Num tempero… É sensacional. A cerveja para harmonizar dessa vez, foi a Rochefort 8 Trappist (9,2% alc.). De cor marrom e aroma mais pronunciado, mais frutas e notas de torrefação, nozes, café, caramelo, além de um retrogosto bastante sutil de cítricos. Final seco e levemente amargo.

Carbonnades à La Flamante

Este prato que vamos falar agora é  surpreendente, tanto na apresentação quanto no sabor. Cuissot de Sanglier à La Kriek: pernil de javali em molho de cerveja kriek, peras em calda, purê e amêndoas torradas. Ai… só experimentando mesmo gente, daqueles pratos que a gente se apega e já fica torcendo para ir de novo e pedir. A cerveja para harmonizar foi a Straffe Hendrik Quadrupel (11% alc.) – um blend sofisticado de maltes especiais dá a cerveja uma característica complexa, combinando um paladar delicado e seco com notas de coentro, frutas negras, anis e castanhas.

Cuissot de Sanglier à La Kriek

Agora para os amantes de sobremesa, experimentamos duas. A primeira foi Waffle de Bruxelas: tradicional waffle belga com calda de chocolate meio amargo e chantilly. Gente pela descrição dá para perceber que, SIM, é deliciosa, mas vocês nunca experimentaram uma massa de waffle tão macia na vida, sério é surreal e feita por eles. A cerveja foi Straffe Hendrik Quadrupel (11% alc.), parece que você está tomando um mel não sabemos explicar as harmonizações são perfeitas!!!

Waffle de Bruxelas

A segunda sobremesa foi a clássica Torta de Chocolate Belga, a apresentação de tão linda dá até pena de comer mas, claro que comemos TUDO, né? Bom sobre o sabor, acho que já estamos ficando redundantes, é uma torta de chocolate belga, não precisamos explicar muito mais.

Torta de Chocolate Belga

Agora, a cerveja que harmonizamos com ela deu o toque final. Vocês já experimentaram uma cerveja vermelha? Essa se chama Floris Kriek (3,6% alc) e vai super bem com sobremesas. É fabricada com adição de cereja, que predomina intensamente na cor, no aroma e no paladar. O teor alcoólico é baixo e o amargor quase imperceptível. Agora nos digam, como não se apaixonar pelo Chez Vous? Impossível!  

Cervejas Belgas

Uma experiência gastronômica incrível que super recomendamos. Além do ambiente lindo, aconchegante e atendimento impecável.